21 de março – Dia Internacional da Síndrome de Down

Olá!

Tudo bem com você?

A Síndrome de Down é uma alteração genética no cromossomo 21, que deve ser formado por um par, mas neste caso aparece com 3 exemplares ou trissomia.

O Dia Internacional da Síndrome de Down foi oficialmente estabelecida em 2006 e depois muito divulgada com o objetivo de dar mais visibilidade ao tema reduzindo assim o preconceito e a falta de informação sobre o assunto.

A Síndrome de Down foi descoberta em 1862 pelo médico britânico John Langdon Down e desde então muitos foram os avanços tanto na ciência quanto socialmente.

down-sindrome

Antigamente, as pessoas com Síndrome de Down, sequer saíam de casa. Lembrando que a Síndrome de Down não é uma doença e não impede que a pessoa tenha uma vida social, que estudem em escolas regulares e tenham vida normal como qualquer outra pessoa.

Obviamente o diagnóstico genético carrega consigo algumas especificidades, como, por exemplo, a cardiopatia (problemas no coração), presente em aproximadamente 50% dos casos; às vezes problemas de audição e/ou visão; atraso no desenvolvimento intelectual e da fala, dentre alguns outros. Mas são questões pontuais e de saúde, a serem detectadas e tratadas medica e terapeuticamente, de maneira que não definem qualquer prognóstico, ou seja, ninguém jamais pode prever até onde pode chegar o desenvolvimento das pessoas com síndrome de Down – assim como das demais pessoas. Elas devem ser estimuladas a terem sonhos e projetos, crescerem, estudarem e trabalharem como qualquer ser humano, e têm todo o direito de lutar pela sua total autonomia, sem que sua condição genética represente qualquer tipo de barreira.

Você sabia que pessoas com deficiência podem comprar veículos com até 30% de desconto? Saiba mais aqui.